23.7 C
Brasília
Home Brasília População elogia agilidade da vacinação no Parque da Cidade

População elogia agilidade da vacinação no Parque da Cidade

Neste domingo (2), foram aplicadas doses do imunizante em pessoas com mais de 60 anos

Aplausos, sorrisos, choro, fotografias e muito agradecimento. Neste domingo (2), essas foram algumas das cenas e gestos repetidos com frequência pela população e profissionais de saúde no ponto de vacinação drive-thru para covid-19, no Estacionamento 12 do Parque da Cidade.

Tudo isso ganhou reforço com a surpresa de quem foi se vacinar e observou a fila avançar rapidamente. É o caso da auxiliar de serviços gerais Maria das Graças Rodrigues da Silva, de 60 anos, que foi levada pelo filho Adriano Rodrigues para receber o imunizante.

Com o cartão de vacinação em mãos, ela elogiou a equipe de profissionais após passar menos de dez minutos na fila. “Foi muito bom, fui bem-atendida e andou rápido”, disse Maria, que tomou a primeira dose da AstraZeneca. “Me senti bem e feliz de ter recebido a vacina”. A data para a segunda dose, ela gravou bem: “Volto em 26 de julho, quando faço aniversário”.

Maria do Socorro: “É uma alegria total receber essa vacina, me sinto aliviada” | Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

Durante os 12 minutos em que ficou na fila aguardando a vez, a funcionária doméstica Maria do Socorro de Araújo Miranda, 61 anos, diz ter visto um filme passar na cabeça. Ao final do procedimento, ela se surpreendeu com a rapidez: “Tudo organizado, rápido. É uma alegria total receber essa vacina, me sinto aliviada”.

Organização

​Durante todo o domingo, os cerca de 30 profissionais do Laboratório Sabin, parceiro do GDF na vacinação, aplicam a primeira e a segunda dose da vacina AstraZeneca na população com mais de 60 anos e também a segunda dose da CoronaVac. Esse processo é acompanhado de perto pela endodontista da Secretaria de Saúde (SES) Vânia Viterbo, que atua como coordenadora da vacinação no ponto instalado no Parque da Cidade.

“Aprendemos mais a lidar com as pessoas, com as dúvidas que elas têm. Hoje, elas vêm mais informadas”Vânia Viterbo, coordenadora da vacinação no Parque da Cidade

Para ela, a agilidade e organização que surpreenderam aos que foram receber o imunizante têm uma explicação: o trabalho integrado entre os profissionais de saúde e de suporte, como os servidores do Detran e os policiais militares. “Não sei se porque aqui foi o primeiro ponto de drive-thru e é o mais central, acaba sendo o mais procurado”, avaliou. “Isso faz com que a equipe fique mais unida para agilizar todo o processo”.

Vânia, que trabalha há 20 anos na rede pública de saúde e desde fevereiro de 2021 na vacinação drive-thru para coronavírus, aponta uma evolução no serviço em dois meses: “Aprendemos mais a lidar com as pessoas, com as dúvidas que elas têm. Hoje, elas vêm mais informadas. Antes elas traziam muitas dúvidas em relação à vacina; hoje, apresentam mais conhecimento e confiabilidade. Estamos na última fase dos idosos, e o DF está de parabéns e pronto para começar a vacinação das pessoas com comorbidades na semana que vem”.

Em toda a carreira, a gestora afirma nunca ter visto um esforço tão grande entre os colegas para vencer a doença. “Temos uma secretaria inteira, em duas frentes, trabalhando no cuidado com o paciente nos hospitais e na prevenção com a vacinação. Foi exigido isso do Sistema Único de Saúde [SUS] e da Secretaria de Saúde, e temos conseguido vencer. A vacina é a esperança para todos”.

As vacinas

Os dados mais recentes da vacinação no DF, de 30 de abril, apontam que 454.877 pessoas receberam a primeira dose do imunizante, enquanto 251.434 já tomaram as duas doses durante a campanha.

O DF tem aplicado doses da CoronaVac e da AstraZeneca. A CoronaVac é produzida pelo Instituto Butantan, em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. A AstraZeneca, por sua vez, é desenvolvida pela universidade inglesa de Oxford em conjunto com a farmacêutica sueco-britânica AstraZeneca.

Até sábado (1º), o DF registrou 363.065 pessoas recuperadas e conta com 8.861 casos ativos. Os óbitos somam 7.826.

Informações Agência Brasília

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Most Popular

Começam as reformas em parquinhos da Candagolândia

Das oito áreas de lazer infantil da cidade, duas já foram reformadas. Comunidade demostra satisfação com a medida Os parques infantis da Candangolândia estão passando...

Assistentes sociais têm papel fundamental nas unidades de saúde

Profissão é reconhecida neste sábado (15), no Dia do Assistente Social. Eles são responsáveis por orientar o indivíduo em situação de vulnerabilidade Identificar, com um...

Distrito Federal registra redução de mortes no trânsito

Abril teve o menor número de óbitos registrados em 2021 De acordo com um levantamento do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF), no mês...

Governador Ibaneis entrega UBS para 20 mil pessoas no Jardins Mangueiral

Primeiro equipamento público de saúde da região foi entregue nesta sexta (14). Foram R$ 2,9 milhões investidos na obra, que gerou dezenas de empregos O...