26.5 C
Brasília
Home Brasília Central de Material Esterilizado do HRC é aperfeiçoada

Central de Material Esterilizado do HRC é aperfeiçoada

A Central de Material Esterilizado (CME) do Hospital Regional de Ceilândia (HRC) recebeu uma ampla reforma e readequou todo seu espaço físico para a instalação de três autoclaves e duas termodesinfectoras.  Os aparelhos são utilizados para esterilizar materiais médico-hospitalares e desinfetar e lavar os produtos.

“Tais equipamentos, além de propiciar o atendimento mais ágil e em maior quantidade às unidades do HRC, trarão melhor conforto aos profissionais que atuam no setor”, explica a superintendente da Região Oeste de Saúde, Lucilene Florêncio.

Central de Material Esterilizado ampliou a capacidade de funcionamento | Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde

“A obra contemplou serviços como adequação das instalações elétricas e hidráulicas, bem como pintura e revestimento das áreas afetadas, além de uma pequena ampliação da área limpa da CME e remanejamento do depósito de material de limpeza, que dá suporte à unidade”, enumera a gestora.

Além disso, foram feitos outros reparos igualmente necessários, como a manutenção da central de ar-condicionado, a reforma dos armários de apoio, troca de portas e da pia que dá suporte à área suja.

Central já opera com capacidade ampliada desde maio

Enquanto a obra estava sendo executada, os materiais do HRC eram esterilizados nos hospitais regionais de Brazlândia e de Samambaia, para não prejudicar o funcionamento da unidade. Desde o fim da reforma, em maio, a CME está em pleno funcionamento.

Os equipamentos

A autoclave, de forma genérica, é um equipamento que impacta diretamente a produção do centro cirúrgico. Serve para esterilizar todos os instrumentos e materiais de uma unidade hospitalar. Qualquer impedimento ou limitação reflete no centro cirúrgico.

A CME é uma unidade de apoio técnico a todas as unidades assistenciais, sendo responsável pelo processamento de artigos hospitalares, como instrumental, roupas cirúrgicas, etc. Esse processamento envolve a limpeza, o preparo do artigo e da carga de esterilização, a esterilização, a guarda e distribuição dos artigos a todas as unidades consumidoras da instituição.

*Com informações da Secretaria de Saúde

Fonte: Agência Brasília

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Most Popular

Samambaia recebe Museu Itinerante de Drogas até sábado (31)

Moradores de Samambaia podem visitar até este sábado (31) o Museu Itinerante de Drogas, da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). A ação...

FAP vai selecionar projetos de inclusão digital e social  

A Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP-DF) lançou a segunda chamada de 2021 do programa Desafio DF. A seleção pública...

Programas sociais mudam vidas e fortalecem a cidadania

O Centro de Referência de Assistência Social (Cras) é muito mais do que um conjunto de paredes de uma instituição pública. Nessas unidades...

‘Cidade da Segurança Pública’ vai emitir RGs em Samambaia

Durante a realização da Cidade da Segurança Pública (CSP) em Samambaia serão emitidas 160 carteiras de identidade aos moradores locais. O projeto da...