- PUBLICIDADE -

PIB brasileiro cai no primeiro trimestre; só na agropecuária houve ganho

A queda foi mais baixa se comparada ao mesmo período do ano passado, que também teve queda; a indústria de transformação foi a que mais caiu, teve perda de 12,5%

Por Redação

Os efeitos da pandemia de covid-19 começam a ser refletidos no Produto Interno Bruto (PIB). Em monitoramento realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e divulgado hoje, 22, foi detectado uma queda de 6,1% no trimestre deste ano, que se encerrou em abril. O mesmo período do ano passado também houve queda, mas mesmo assim ficou acima, em 4,9%. Se comparado o mês de março e abril com o mesmo período do ano passado, as quedas foram de -9,3% e -13,5% respectivamente.

Pelo jeito a queda deve continuar e o segundo trimestre pode ser fechado com baixas ainda maiores. O coordenador da pesquisa, Claudio Considera, disse que as medidas de segurança contra o coronavírus, como a paralisação das atividades comerciais por meses, contribuíram para o baixo resultado do PIB.

“O dado de abril mostra que, a retração recorde da economia, não apenas no PIB, porém disseminada em diversas atividades e componentes da demanda, é a pior da história recente”, explicou o pesquisador.

As maiores quedas foram na indústria9,1%, com destaque para a indústria da transformação (que produz plásticos, cigarros, bebidas, por exemplo), que caiu 12,5%.E os setores de serviços que diminuíram 10,7%. As maiores perdas foram observadas nos outros serviços, que diminuíram 22,1% – nesta categoria entra restaurantes, bares e outros.

De acordo com o monitoramento, o único segmento que teve aumento no trimestre foi o agropecuário, de 1,9%.

Bolsa família

O governo federal paga hoje, 22, a terceira parcela do auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família que tenha NIS com final 4. Desde quarta-feira (17) passada os pagamentos estão sendo feitos. Começou com os beneficiários cujo dígito final do NIS era 1, 2 e 3 (ver tabela abaixo).

Os repasses de R$ 600 a R$ 1.200 obedecem ao calendário habitual do programa até 30 de junho.

No caso dos beneficiáriosdo Bolsa Família, os pagamentos são feitos normalmente conforme já estabelece o programa.

Veja abaixo a data da tabela de pagamento para os cadastrados no Bolsa Família:

DataNº. de beneficiadosÚltimo dígito do NIS
18 de junho1.926.557dígito 2
19 de junho1.923.492dígito 3
22 de junho1.924.261dígito 4
23 de junho1.922.522dígito 5
24 de junho1.919.453dígito 6
25 de junho1.921.061dígito 7
26 de junho1.917.991dígito 8
29 de junho1920.953dígito 9
30 de junho1.918.047dígito 0

 

Fonte Blog do Ulhoa

- PUBLICIDADE -

Últimas

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

Na Hora da Rodoviária recebe mutirão da Defensoria Pública da União

Por Fernanda Santos A agência do Na Hora, na rodoviária do Plano Piloto, vai estar aberta neste sábado (28), das 13h30 às 18h, para atender...

Saldo do Nota Legal poderá ser usado para pagar tributos vencidos

Por Fernanda Santos A Secretaria de Economia do Distrito Federal publicou, no Diário Oficial do DF (DODF), desta quinta-feira 26, o decreto que possibilita aos...