- PUBLICIDADE -

Confira os canais de denúncia do GDF para casos de ameaças às escolas

Em meio às ocorrências de violência no país, o governo iniciou a ações preventivas, entre elas, o incentivo de que a sociedade leve até as autoridades policiais possíveis riscos

O Governo do Distrito Federal (GDF) deu início a uma série de medidas preventivas para evitar casos de violência no ambiente escolar. Entre as ações, está o reforço da divulgação dos canais oficiais de comunicação criados para que as denúncias sejam feitas às autoridades policiais.

“É uma soma de esforços que está sendo feita (pelo GDF). Tudo será feito para que nós possamos transmitir essa segurança à nossa sociedade, principalmente, à comunidade que tem filhos nas escolas”Sandro Avelar, secretário de Segurança Pública do DF

A população pode contactar a Secretaria de Segurança Pública (SSP) para o relato de ameaças e casos de apologia à violência nas escolas por meio dos telefones 190 (emergência) e 197, Opção 0; dos números de WhatsApp (61) 98626-1197 e (61) 99968-8950 (Batalhão Escolar); e de forma digital pelo site da Delegacia Eletrônica ou pelo e-mail [email protected].

A denúncia é sigilosa e é necessário encaminhar informações que comprovem o fato, como áudio de aplicativos de mensagens, prints de mensagens em redes sociais, imagens diversas, nomes de perfis envolvidos, vídeos diversos e números de telefones envolvidos. Após o envio, as autoridades farão a apuração e a investigação.

“É uma soma de esforços que está sendo feita [pelo GDF]. Tudo será feito para que nós possamos transmitir essa segurança à nossa sociedade, principalmente, à comunidade que tem filhos nas escolas”, afirma o secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar.

Alerta aos trotes

O secretário destaca que a segurança pública tem recebido muitas denúncias falsas e reafirma a necessidade de que os fatos relatados não sejam trotes. “Já foram várias denúncias falsas, ainda assim isso acaba repercutindo na nossa atividade do dia a dia. Demanda o tempo e os esforços da Polícia Militar, da Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros e do Detran. É preciso que haja um engajamento da nossa comunidade para que todos nós, somando os esforços, não deixemos que aconteça nenhum ato que venha comprometer a segurança das escolas”, ressalta.

Nesta semana, o GDF publicou um decreto que prevê punição com multa aos autores de acionamento indevido feito de má-fé ou que não objetive ou justifique um atendimento aos canais de serviço de atendimento de emergência e urgência.

A multa será aplicada a proprietários de linhas telefônicas de onde sejam feitos trotes aos serviços telefônicos de atendimento à emergência e combate a incêndios ou ocorrências policiais, e também a autores desse tipo de acionamento por telefones públicos, quando for possível a identificação. A punição varia de R$ 1.302 (recebimento de chamada) a R$ 3.906 (acionamento de serviços com diligências realizadas), a depender da gravidade.

Plano de segurança

O governo anunciou na quinta-feira (13) um conjunto de medidas para a prevenção da violência e o reforço da segurança em um universo de 1.624 escolas e creches das redes pública e privada, além de faculdades e universidades.

As ações envolvem o reforço no efetivo policial, a participação de vigilantes e o monitoramento da deep web – uma área da internet que fica “escondida”, tem pouca regulamentação e que, pela dificuldade de acesso, é usada para o compartilhamento de conteúdo ilegal – e perfis em redes sociais que fazem apologia à violência nas instituições de ensino.

Como denunciar

Delegacia eletrônica (pcdf.df.gov.br)
E-mail: [email protected]
WhatsApp: 61 98626-1197
Telefone: 197 – opção 0
Emergência: 190
Batalhão escolar: 61 99968-8950

- PUBLICIDADE -

Últimas

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

Revitalização dos quiosques em brasília | 40 anos de espera chegam ao fim

Governador Ibanez Rocha e secretário Ney Ferraz assinam ordem de serviço para transformar sonho em realidade Por Cláudio Ulhoa Após quatro décadas de espera e luta...

Deputado Propõe Equidade de Remuneração no Detran do Distrito Federal

Eduardo Pedrosa luta pela igualdade de tratamento e auxílio-alimentação justo para os servidores do órgão Durante a sessão ordinária da Câmara Legislativa nesta quarta-feira, o...

Novo Instituto Médico Legal de Brasília | Um avanço na perícia e atendimento às vítimas

Inauguração do Moderno IML da PCDF Promete Humanização e Eficiência nos Serviços Periciais e de Acolhimento Brasília está prestes a receber um novo marco na...