- PUBLICIDADE -

Mais 38 leitos em três regiões para cirurgias eletivas

Com hospitais de campanha, lista de espera por UTI Covid zera. GDF consegue ampliar oferta de atendimento pós-cirúrgico em hospitais regionais

O aumento da oferta de vagas de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e a queda de internações de pacientes com covid-19 fizeram com que o Governo do Distrito Federal (GDF) iniciasse a liberação de leitos para os casos de cirurgias eletivas. A medida foi anunciada pelo secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto, durante entrevista coletiva no Palácio do Buriti, na tarde desta segunda-feira (28).

A ação começou nos hospitais regionais de Sobradinho (HRS) e Ceilândia (HRC) e deve começar em breve no Hospital Regional do Gama (HRG).

Só em maio de 2020, o GDF realizou cerca de 3 mil procedimentos cirúrgicos

No primeiro, foram transformados oito leitos de covid em não covid, e no segundo, dez. Já no Gama, a Secretaria de Saúde aguarda a desocupação ou alta dos pacientes infectados pelo novo coronavírus para iniciar a transição de 20 vagas.

Suspensas há um ano, em 29 de junho de 2020, por causa da pandemia, as cirurgias eletivas foram retomadas gradativamente em outubro, chegando a ser liberadas na sua totalidade em fevereiro deste ano. Só em maio de 2020, o GDF realizou cerca de 3 mil procedimentos cirúrgicos.

Confira o vídeo da coletiva:

De acordo com o secretário Osnei Okumoto, a escolha dos hospitais se deu pela oferta de cirurgias em especialidades com grande procura. “Não adianta pegar um hospital e tirar os leitos se lá não tem uma carta de serviços que vá trazer resultados para nós. Como o Gama tem um trabalho muito eficiente em ortopedia, principalmente para atender o Entorno, ele é um hospital de eleição para fazermos essa mudança.”

A mesma orientação guiou a liberação dos leitos de UTI no Hospital Regional de Ceilândia. Já Sobradinho foi escolhido pela localização distante da região central de Brasília e por oferecer cirurgias gerais, como gastrointestinais.

Nos hospitais de campanha que têm leitos com suporte de respiração ventilatória havia, até a tarde desta segunda-feira (28), 56 pessoas internadas no Gama; 54 em Ceilândia; e 67 no Autódromo Internacional Nelson Piquet.

Informações Agência Brasília

- PUBLICIDADE -

Últimas

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

Na Hora da Rodoviária recebe mutirão da Defensoria Pública da União

Por Fernanda Santos A agência do Na Hora, na rodoviária do Plano Piloto, vai estar aberta neste sábado (28), das 13h30 às 18h, para atender...

Saldo do Nota Legal poderá ser usado para pagar tributos vencidos

Por Fernanda Santos A Secretaria de Economia do Distrito Federal publicou, no Diário Oficial do DF (DODF), desta quinta-feira 26, o decreto que possibilita aos...