- PUBLICIDADE -

Alessandro Rodrigo da Silva é prata no arremesso de peso F11

O Brasil obteve mais uma prata nesta segunda-feira (30) no atletismo na Paralimpíada de Tóquio 2020. Dessa vez, no arremesso de peso Classe F11 (deficientes visuais), com Alessandro Rodrigo da Silva. O paulista de Santo André, que ficou cego devido a toxoplasmose, conseguiu fazer um arremesso de 13m89, distância superada apenas pelo iraniano Mahdi Oladi, que obteve a medalha de ouro com um arremesso de 14m43.

Em 2019, Alessandro foi ouro no lançamento de disco e bronze no arremesso de peso, durante o mundial de Dubai. Foi também ouro nessas duas modalidades nos Jogos Parapan-Americandos Lima 2019. 

A coleção de medalhas de ouro do atleta inclui, ainda, as obtidas no lançamento de disco do Mundial Londres (2017) e dos Jogos Paralímpicos Rio 2016; e dois ouros no arremesso de peso e lançamento de disco dos Jogos Parapan-Americanos de Toronto, em 2015.

Fonte: Agência Brasil

- PUBLICIDADE -

Últimas

Riacho Fundo terá mutirão de vacinação contra a gripe neste sábado (2), informa Secretaria de Saúde

Por Fernanda Santos A Secretaria de Saúde do Distrito Federal...

Prazo para regularização de clubes e outras entidades encerra no dia 7 de julho, informa Terracap

Por Fernanda Santos A Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap) informa...
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo